Domicio do Nascimento Junior
 

Seleção para leitura
Consorciacao de pastagens
Manejo do Pastejo
Considerações do Professor
Avaliação de Pastagens com Animais
Avaliação de Forrageiras
Avaliação da Digestibilidade
Anatomia e Histologia
Adubação nitrogenada
Consumo
Capim-Elefante
Desfolhação
Degradação de Pastagens
Formação de pastagens
Ecologia
Fixação de Nitrogênio
Fenação
Irrigação de pastagens
Glossário
Manejo de pastagens
Morfogênese
Nutrição a pasto
Queima de pastagens
Produção de Matéria Seca das Pastagens
Perfilhamento
PRODUÇÃO ANIMAL A PASTO
Pastagens Nativas
Produção de sementes
Principios de Fisiologia
Pragas das pastagens
Raízes
Reciclagem de Nutrientes
Silagem
Seletividade animal
Suplementação
Sustentabilidade de pastagens
Valor Nutritivo

   Suplementação

      SUPLEMENTAÇÃO ANIMAL A PASTO
       
  5/12/2001  

Trabalho apresentado à disciplina forragicultura (ZOO
650) como parte das exigências do Curso de Pósgraduação
em Zootecnia

Professor: Odilon Gomes Pereira
Aluno: Luciano de Melo Moreira
Matrícula: 30062 UFV-MG 1998

INTRODUÇÃO
A produção e a produtividade animal a pasto há muito têm sido estudadas e debatidas.
Novas tecnologias, espécies e cultivares de plantas forrageiras foram desenvolvidas com a finalidade de melhorar índices de produtividade animal historicamente medíocres (CORSI, 1986).
A baixa produtividade das pastagens é uma das principais, se não a principal causa da baixa competitividade e lucratividade de nossa pecuária em relação a outras modalidades de exploração econômica da terra, tornando compreensivo a tendência atual de substituição das áreas de pastagens pôr culturas de soja, milho, café, etc. (FARIA et al.,1996).
Para SILVA e PEDREIRA (1997), a procura de soluções simplificadas como a espécie forrageira milagrosa, a formulação ótima de fertilizantes, o sistema de pastejo ideal, e outros, têm falhado, consistentemente, em atingir o seu propósito. O ajuste de um segmento
de um setor de produção sem levar em consideração a cadeia ou o sistema como um todo é a explicação óbvia para o fracasso obtido até os nossos dias na lucratividade, ou pelo menos na maximização, da pecuária nacional. Assim, não há resposta em melhoramento genético de animais e plantas se o ambiente ao qual serão submetidos não for adequado às suas exigências.
Portanto, é estritamente necessário que se conheça o sistema de produção como um todo, seus componentes e suas características, fatores que interferem em seus níveis de eficiência, afim de que se possa detectar pontos de estrangulamento e aqueles passíveis de
serem manipulados ou manejados, controlando a atividade de maneira racional.
 
Retornar Seleção para leitura Artigo  sem moldura do site
 
   :: Fale Conosco ::
Todos os direitos reservados Domicio do Nascimento Junior. Produção do WebSite Valter Lobo