Domicio do Nascimento Junior
 

Seleção para leitura
Consorciacao de pastagens
Manejo do Pastejo
Considerações do Professor
Avaliação de Pastagens com Animais
Avaliação de Forrageiras
Avaliação da Digestibilidade
Anatomia e Histologia
Adubação nitrogenada
Consumo
Capim-Elefante
Desfolhação
Degradação de Pastagens
Formação de pastagens
Ecologia
Fixação de Nitrogênio
Fenação
Irrigação de pastagens
Glossário
Manejo de pastagens
Morfogênese
Nutrição a pasto
Queima de pastagens
Produção de Matéria Seca das Pastagens
Perfilhamento
PRODUÇÃO ANIMAL A PASTO
Pastagens Nativas
Produção de sementes
Principios de Fisiologia
Pragas das pastagens
Raízes
Reciclagem de Nutrientes
Silagem
Seletividade animal
Suplementação
Sustentabilidade de pastagens
Valor Nutritivo

   Ecologia

      ECOSSISTEMAS DE PASTAGENS CULTIVADAS
       
  2/7/2001  

Domicio do Nascimento Jr.
1 Prof. Titular, UFV-DZO, Viçosa-MG; Fone (31) 3899-3300;
@mail: domicion@mail.ufv.br

Pastejo é o processo pelo qual os animais consomem plantas para adquirir energia e nutrientes. Manejo de
pastejo envolve o controle deste processo pelo homem, especialmente pela manipulação dos animais com o
objetivo de otimizar a produção. Ambos, pastejo e manejo, ocorrem dentro de sistemas ecológicos e são,
portanto, sujeitos ao mesmo conjunto de princípios ecológicos que controlam o funcionamento do sistema
(BRISKE e HEITSCHMIDT, 1991). Ecologia do pastejo refere-se a analises das influencias bióticas e
abióticas no processo de pastejo. Pastejo geralmente refere-se ao processo de remoção parcial ou completa
das partes aéreas, vivas ou mortas das plantas herbáceas (HODGSON, 1979), e a ecologia do pastejo tem
por objetivo entender as interações da interface planta-animal (Heady e Child, 1994, citado por SHANKAR
E SINGH, 1996).
 
Retornar Seleção para leitura Artigo  sem moldura do site
 
   :: Fale Conosco ::
Todos os direitos reservados Domicio do Nascimento Junior. Produção do WebSite Valter Lobo