Domicio do Nascimento Junior
 

Seleção para leitura
Consorciacao de pastagens
Manejo do Pastejo
Considerações do Professor
Avaliação de Pastagens com Animais
Avaliação de Forrageiras
Avaliação da Digestibilidade
Anatomia e Histologia
Adubação nitrogenada
Consumo
Capim-Elefante
Desfolhação
Degradação de Pastagens
Formação de pastagens
Ecologia
Fixação de Nitrogênio
Fenação
Irrigação de pastagens
Glossário
Manejo de pastagens
Morfogênese
Nutrição a pasto
Queima de pastagens
Produção de Matéria Seca das Pastagens
Perfilhamento
PRODUÇÃO ANIMAL A PASTO
Pastagens Nativas
Produção de sementes
Principios de Fisiologia
Pragas das pastagens
Raízes
Reciclagem de Nutrientes
Silagem
Seletividade animal
Suplementação
Sustentabilidade de pastagens
Valor Nutritivo

   Manejo de pastagens

      Fontes de perdas de forragem sob pastejo: forragem se perde?
       
  12/8/2008  


Paulo César de Faccio Carvalho1, Marcos Weber do Canto2 e Anibal de Moraes3
1. Introdução
O título deste trabalho é propositadamente instigante. Em princípio, ele não é necessariamente correto e poderia ser abordado segundo diferentes enfoques. O clássico seria centrar o foco sobre o processo de senescência como parâmetro definidor de perda de forragem, para daí, então, abordar fontes e estratégias de se minimizar este processo. Porém, não é intuito deste trabalho apresentar o tema desta forma. A questão central está no que se deve considerar como perda de forragem, se é que ela existe, o que nos leva a propor um texto mais abstrato e conceitual. Pretende-se discutir filosoficamente esse conceito, pois acreditamos que o confundimento nas noções de uso da forragem em pastejo seja o responsável fundamental pelo mau manejo das pastagens em nosso país, ocasionando extensa degradação pelo uso de lotações incompatíveis embasadas numa filosofia de uso de pastagens que focaliza a eficiência de colheita de forragem, e não sua transformação em produto animal. Para justificar essa percepção, e para situarmos o tema sob condições de pastejo, sempre que possível abordaremos as respostas dos fatores em relação a um contínuo de intensidades de pastejo

CARVALHO, P.C.F.; CANTO, M.W.; MORAES, A. Fontes de perdas de forragem sob pastejo: forragems e perde? In: PEREIRA, O.G.; OBEID, J.A.; FONSECA, D.M. et al. (Eds.). II SIMPÓSIO SOBRE MANEJO ESTRATÉGICO DA PASTAGEM, 2, 2004, Viçosa. Anais…Viçosa, Suprema Gráfica e Editora Ltda. 2004. p.387-418.
 
Retornar Seleção para leitura Artigo  sem moldura do site
 
   :: Fale Conosco ::
Todos os direitos reservados Domicio do Nascimento Junior. Produção do WebSite Valter Lobo